terça-feira, 24 de dezembro de 2013

MENSAGEM DE NATAL DA SECRETARIA FRATERNA E ASSISTENTE ESPIRITUAL DA JUFRA DO BRASIL

“Preste atenção no princípio do espelho:
a pobreza daquele que, envolto em panos, foi posto no presépio!
Admirável humildade! Estupenda pobreza!
O Rei dos anjos repousa numa manjedoura.
(Santa Clara, 4ª Carta a Inês de Praga, 19-21)

 
Ipojuca-PE e Uberlândia-MG, 22 de dezembro de 2013.
Nas Festividades do Natal do Senhor.
 
A todos/as os irmãos e irmãs da JUFRA do Brasil,
Aos/Às Assistentes Espirituais Regionais e Locais,

A todos os membros da Família Franciscana,
Saudações de paz e bem!

É com o coração exultando de alegria em Deus, pelo tempo propício que se aproxima que queremos acolhê-los com a ternura do menino-Deus, que veio ao nosso encontro, e cuja vinda já estamos a celebrar.

E é olhando para as palavras de nossa mãe e irmã Clara, cujas palavras mencionamos acima, que queremos trilhar com vocês a contemplação desse maior mistério de amor, em que Deus se fez semelhante a nós, ao assumir a nossa fragilidade, para que nós nos fizéssemos semelhantes a Ele. Clara nos aponta a pobreza e a humildade dAquele que, “envolto em panos, foi posto no presépio”. E nos conduz a refletirmos: qual é a nossa atitude diante de tão grande humildade, de tão profunda doação de si mesmo.

Realmente, neste dia de graça, o Salvador, chamado agora Emanuel – Deus-conosco, acolhe a condição humana e realiza um dia único na História da Salvação, porque neste dia brilhou para todos um novo Sol (cf. Lc 1, 78) e uma nova Luz veio iluminar as nações (cf. Lc 2, 32). Assim, Ele abraça aqueles que trazem no coração o desejo de um mundo novo, no qual reina a justiça e a igualdade.

O nascimento do Filho de Deus como nosso Salvador é a ‘última palavra do céu’, que vai dizendo a todos que Deus procura a terra e, mais ainda, o coração humano, que o Criador busca sua criatura, que o Amor nos ama, que nós fracos, somos a fraqueza de Deus. E que todos somos convidados a sermos instrumentos desse Amor.

Quanto esse menino-Deus tem a dizer ao mundo de hoje! Quanto Ele tem a nos ensinar! E quanto podemos dizer que aprendemos com Ele ao longo deste ano... Um ano de muitas conquistas para todos nós, no qual reafirmamos nosso “sim” de servir nossos irmãos e irmãs. Um ano de muitas emoções, de construções e a certeza de que fazendo poucas coisas, estamos apresentando o Cristo pobre da manjedoura para nossas juventudes.

Por isso, ao celebrarmos o Amor que veio ao nosso encontro e festejando o Natal dele, propormos nos unirmos como uma só família, para juntos fazermos uma prece a Cristo – depositando nele toda nossa fé e esperança – por todos os nossos jovens, por nossos/as Assistentes Espirituais, por toda a nossa Família; e assim queremos rezar:

“Menino-Deus, queremos acolher-Te em nossos braços, participar de Tua fragilidade. Também fazer-Te participar da nossa fragilidade. Ensina-nos a acolhermos cada jovem que

vem ao meu encontro, ensina-nos a gratuidade de demonstrar a cada um o sorriso sincero, um abraço amigo, um olhar acolhedor.

Ensina também a cada irmão/ã nosso/a a acolher cada outro irmão, a amá-lo, e principalmente a cada pobre, reconhecendo-o como um sinal concreto de Tua presença entre nós. Educa a cada um de nós na Tua humildade, para que sejamos, em meio a uma cultura da imagem, de individualismo e de consumismo; verdadeiros símbolos, sinais de fraternidade.

Renova no coração de cada irmão e irmã que forma esta nossa maravilhosa Família a sua identidade de franciscano e franciscana; conscientiza-nos que o nome que trazemos em nosso carisma não é uma representação: é nossa identidade, responsabilidade e comprometimento! E concede-nos, a todos nós, a graça de reconhecer-Te sempre presente, Encarnado, em nossa vida, em nossas lutas, em nossas conquistas, em nossas angústias, em nossa caminhada.

E ajuda-nos a caminhar sempre contigo, sendo verdadeiras testemunhas do Verbo Encarnado. Amém.”

Que Francisco e Clara, que tão bem vivenciaram este mistério da pessoa de Cristo, e souberam tão bem considerar tão grande e tão pequeno nascimento, intercedam por nós, nos concedendo um Feliz e abençoado Natal!

 

Fraternalmente,

Mayara Ingrid Sousa Lima, OFS/JUFRA
Secretária Fraterna Nacional da JUFRA do Brasil

Frei Wellington Buarque de Souza, OFM.
Assistente Espiritual Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário